Jogo Grátis

Por: Wanderson Duke

Quando Marcos Paulo aceitou o convite feito por mim e Breno para visitarmos Guilherme, nosso amigo de longa data e que agora residia em Angra dos Reis, eu já havia deixado o celular em cima da mesinha oferecida pela barraquinha do “Russo”, na Via light, onde saboreava um delicioso hambúrguer.

Ocupação esta que não permitiu ouvir os gritos e palavrões que Marcos me metralhava do outro lado da linha quando descobriu que não tinha o dinheiro da passagem da única linha de ônibus do trajeto Queimados- Nova Iguaçu que ainda funcionava aquele horário da madrugada.

Continuar a ler

Spam para Hosana

Por: Wanderson Duke

“Hosana não voltou para casa desde ontem. O celular só dá caixa postal”, foi a mensagem que a mãe de Hosana, minha namorada, havia enviado para meu e-mail. De súbito, minha memória me arrebatou para a tarde em meu pai me apresentou uma folha de jornal de desaparecidos quando o perguntei como ele havia aprendido a desenhar. “Desaparecido” é a palavra que mais me causa medo desde aquela tarde em que não havia suco na geladeira e o apontador com lâmina cega não deixava o grafite pronto para a ação.

Continuar a ler