Vice, de algum jeito

Por: Raphael Ruvenal

Apitou, piscou, apitou e não parou de piscar o amarelo pequeno e discreto, na barra de ferramentas inferior, piscava na cara dela, era um sinal de “Atenção”, mas diferente dos desesperados e mal-educados motoristas que aceleram diante de tal conselho dos semáforos ela continuou a falar com outros, a baixar músicas e a ensaiar a estudar algumas matérias na internet que diante do MSN já perde na disputa quando logo de cara surge aquele assunto interessante.

Continuar a ler