Cidade dos Esquecidos Diacho de Gente sem Memória

Por: Monica Rocha

__Olha Gilmar você vai ficar jogando dama sentado na praça, esta vendo o político chegando? Só aparece no ano de eleição com os puxas sacos. Saiu no jornal o desvio de verba e ele estava metido com aquele centro social, foi até fechado. Agora devolver o dinheiro que ele desviou do nosso bolso sou contribuinte e pago os meus impostos mais caro do mundo.

__ Carlos é sua vez de jogar, cuidado com quiprocó, o que vai falar olha o poder da sua língua para nos meter em confusão. Para de dar um de fiscal dos absurdos. A vida não é como o filme antigo que tem o vilão e o mocinho e tudo acabam bem. A escolha do povo é que sustenta os políticos, é só não votar nele. Comi uma, duas aram!

__ Eu lembro quando morávamos na praia do Pinto, o fogo lambeu o lugar só me restou correr. Meu primo Bill o barraco caiu em cima do coitado e morreu por lá. Moléstia! Os mortos se diluíram como vento levando as cinzas.

Época do Carlos Lacerda igual uma rapina. Tacaram fogo na favela de fora para dentro a fumaça já dilatava a minha pupila enquanto os restos mortais das vitimas se desintegravam num crime perfeito. Saímos de lá igual indigente para morar em um galpão na Cidade de Deus alguns chegaram carregados no caminhão de lixo. É um drama. Cidade dos Esquecidos não recordou os que foram. Ai meu padrinho padre Cícero vim para o RJ atrás de emprego de pião. Trabalhei igual um demente só para esquecer a dor, de quem perdeu para o fogo o melhor amigo, visinhos o pânico, gritos de dor vem com a memória do sacrifício humano.

__ è o caso mais polêmico da época da destruição das favelas foi o do Morro do pinto. Meu filho ainda pequeno agarrei ele e nem sei como escapei, no meio das chamas, 20 mil pessoas desabrigadas, remoção só se concretizou depois da favela sumir em brasa viva. No dia seguinte colocaram abaixo os barracos que sobraram.

A cena ficou gravada com tintas do horror reduzido com o tempo o tormento emocional. Veja o meu caso coloquei o meu filho estudar em escola pública, era orgulho sair com uniforme com o emblema do colégio, acabou o segundo grau fez concurso e passou. Sempre disse: estudo é o único jeito do pobre crescer na vida. Vejam bem caro amigo, os jovens é aprovado automaticamente, se perguntar para um rapazinho se conhece: JK, Getulio Vargas, Carlos Preste vão dizer que não sabe quem é. Que língua é essa que eles falam na internet?

Nós precisamos é de boa escola com ensino de qualidade para o jovem poder concorrer Saudade do Darci Ribeiro e Paulo Freire. Hoje os alunos estão batendo nos professores. Aonde vamos para? O tal de Barack Obama não veio aqui à toa, não do ponto sem nó. É Cidade de Deus esta mudando no tempo do seu João Batista vivo aquele Alagoano conseguia reunir mil pessoas numa reunião era porreta! Ninguém contavam com a inteligência de Seu João Batista para debater, na reunião do COMOCIDE nós tínhamos opinião. Agora todo mundo deslumbrado boca de bico de lacre para reivindicar e de sapo para engolir os lucros.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s