Saia Justa no 499

Por: Juliana Portella

Manhã de segunda-feira. O sol avermelhado irradiava por trás da Serra do Mendanha um brilho especial. O ar estava velado por uma névoa transparente. Entrei na fila do Cabuçu-Central. Durante a espera, um rapaz na minha frente ouvia funk em seu celular, no ultimo volume. Não nego o ritmo, até curto, mas vamos combinar que logo cedo não dava para aturar.

Para minha alegria o ônibus encostou-se no ponto. Era minha chance de sentar bem longe daquele cara inconveniente, colocar meus fones de ouvido e tirar um cochilo em paz. O motorista abriu porta a e a fila dirigiu-se aos poucos para dentro do ônibus. Comecei a perceber que havia uma possibilidade de eu viajar em pé.

Assim que subi percebi que havia apenas dois lugares na frente. Para minha surpresa e leve fúria, o Dj sentou em um e sobrou um lugarzinho bem do lado dele para mim. Não tive saída, sabia que encararia um trânsito dos infernos até o Rio, não poderia encarar duas horas – ou mais – em pé.

Sentada ao lado dele, coloquei meu fone, peguei meu livro e tentei começar a ler – sabia que dormir seria impossível – Minha tentativa não foi bem sucedida. Só conseguia ouvir o funk do DJ e os xingamentos mentais que saiam do meu pensamento.

 Quando o ônibus chegou na Dutra, o trânsito estava parado. Cada minuto que passava minha falta de paciência aumentava. De repente ele começou a ouvir o maior sucesso dos avassaladores “Sou foda”. Estava animado, cantava junto, mexia no seu boné da cyclone inquieto. Ele repetiu a música umas cinco vezes.

À medida que ele se animava, a minha fúria aumentava. Estava muito irritada com tudo aquilo. Música alta, repetindo, trânsito parado, já estava atrasada… o quê poderia piorar , meu Deus?

Depois de duas horas e meia de tortura, cheguei ao meu destino. Levantei. Abri minha bolsa, respirei aliviada.

Mexi e remexi na bolsa procurando minha carteira e nada de achá-la Percebi que tinha esquecido em casa. Estava sem dinheiro. E agora?

O Dj o busão olhou pra mim e disse: – Esqueceu a carteira princesa? Eu pago sua passagem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s