Histórias de trocador

Por: Henrique Pakkatto

Não havia como reescrever em hortelã o gosto amargo da noite mal dormida.

Com o sufoco dado ao tráfico na cidade do Rio, cresceu o tiroteio nas comunidades de São Gonçalo e até o funk ensurdecedor dos bailes de sexta do movimento emudeceu.

O tira-sono agora era o rá-tá-tá das metralhadoras, pontuadas ritmicamente pelas pistolas e granadas ocasionais na estranha luta por um território onde poucos querem morar e muitos moram amontoados.

Senti medo de morrer de surpresa no sofá da sala sem ter dito a Marisley o nome que nossos filhos teriam. Pra aplacar a angústia, abri várias cervejas e fumei quase um maço assistindo a algum filme de guerra. A vizinha, crente, sintonizou em algum programa messiânico, chorava e berrava tanto por Jesus que cheguei a achar que ele fosse surdo.

Esforcei-me para dormir com a combinação funk-tiroteio-correria-vizinha histérica mas não precisava me preocupar. A profusão de despertadores dos celulares chineses não me deixaria perder a hora de sair.

Pela manhã, era descer a escadaria e caminhar até o ponto de ônibus, onde, sortudos como eu, vêem o sol nascer apenas para garantir um lugar sentado no coletivo e enfrentar menos horas de engarrafamento.

Eu queria mesmo é ser burguês. Viver despreocupado como o meu patrão que, a essa hora, certamente está dormindo.

Bom dia, seu Carlos!

Tudo bem, José? É bom vê-lo aqui, sempre cedo, pegando firme na faxina.

O senhor esqueceu de recarregar o meu vale-transporte, sabia?

E como você fez pra chegar?

O trocador do terceiro ônibus me deixou vir em pé ao lado dele. Ouvi “desce” em coro na primeira condução.

Desci humilhado, sem um puto no bolso. A segunda tentativa foi ainda pior, pois tive de ouvir de um estudante que um fudido estava atrapalhando sua vida.

Que coisa horrível!

Horrível mesmo foi saber que a firma onde eu trabalho está envolvida no escândalo de super faturamento das licitações e vocês sequer carregaram o meu vale transporte.

Quem te disse isso?

O trocador, Seu Carlos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s