Cenas noturnas

Por: Jonas Baldsom

O som dos latidos ecoando a noite, fazem as luzes dos apartamentos caros se acederem, assim como as estrelas iluminam o céu as luzes serviram para melhor visualizar a próxima catástrofe daquela rua chique de apartamentos caros aonde de tudo acontecia. Wesley, um taxistas comum que buscava apenas o sustento da sua família trabalhando nas madrugadas para poder dar aos filhos aquilo que ele não teve, após a sua rotineira bebida cafeinada com leite lá vai ele tentar a sorte em uma dessas ruas da cidade onde as pessoas são mais providas, o pobre coitado não sabia que iria cair em uma das maiores armadilhas humanas, ao pegar mais um passageiro que estaria de passagem pela noite buscando a tão amada adrenalina, o pobre Wesley quando chega ao ponto de luxo aonde o passageiro iria descer é surpreendido quando o rapaz diz que não tem dinheiro.

As luzes que antes eram de apartamentos iluminando as ruas, agora são tornaram as luzes vermelhas das viaturas policiais deixando aquele cena cada vez mais diabólica, um menino em um dos apartamentos que acordou por causa do barulho via toda aquela rua avermelhada e não entendia bem o que se passava por ali e com a velocidade e calma com que os homens fardados agiam um homem fugia dentro de um táxi, sem saber o que fazer, sem saber aonde ir, aquela luz forte que batia no para brisa toda vez que ele virava a esquina fazia com que o sangue – que está dentro dele – corresse mais rápido, mas não tão rápido quanto ele corria naquela madrugada.

Em uma das viradas bruscas cada vez mais monótonas ele percebe que tem uma viatura na sua cola e com um olhar forte pelo retrovisor ele busca a fuga a frente ou quem sabe pela lateral e como aqueles momentos que simplesmente acontece, ele bateu, com tanta força que o carro deu, 3 giros no ar antes de tocar o chão e com a estrada da tragédia que foi a qual ele escolheu, o carro foi em direção de um sujeitinho que estava apenas voltando de uma bebedeira comemorando pois passou na faculdade, assim como o antes que aconteceu aqui mas uma rua ficou iluminada pela vermelhidão sangrenta noturna.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s