Vice, de algum jeito

Por: Raphael Ruvenal

Apitou, piscou, apitou e não parou de piscar o amarelo pequeno e discreto, na barra de ferramentas inferior, piscava na cara dela, era um sinal de “Atenção”, mas diferente dos desesperados e mal-educados motoristas que aceleram diante de tal conselho dos semáforos ela continuou a falar com outros, a baixar músicas e a ensaiar a estudar algumas matérias na internet que diante do MSN já perde na disputa quando logo de cara surge aquele assunto interessante.

O dia era Segunda e a ressaca era a ordem do dia, roupa pilhada de um final de semana mal aproveitado para tarefas, banheiro que há dois dias não via nem a água cair do chuveiro, mas a TV e o computador… mas a TV e o computador essas sim estavam lá antenadinhas, ou melhor, uma estava antenada e o outro estava conectado, afinal de contas Barbara tinha que acompanhar o seu “Globo Esporte” e a internet entrava no auxílio nas cobranças diversas que ela faria, através do MSN, dos seus colegas Flamenguistas devido ao belo “chocolate” em plena Páscoa que o Vasco deu em cima deles, Barbara era da ala da torcida organizada feminina do Vasco em Nova Iguaçu, as “ Mulheres de malta”, então a combinação vitória com amigos flamenguistas “on” era de se esperar, sim uma combinação bombástica de encarnações e discutições homéricas que apelava sempre a tão boa memória da historia de confrontos passados, capaz de botar inveja em professores de História que pede pelo menos para seus alunos, em um papo cabeça, lembrar em quem eles votaram nas eleições passada, mas algo a perturbava e ela não queria parar aquela encarnação que há tempos ela já havia prometido, era a sua sogra dona Ana uma daquelas pessoas que ela chamava de excluída digital, porém há pouco tempo parcelou um Lap Top para seu filho Leonardo (namorado de Barbara) e quando ele não estava ela vivia a “catar feijão” para mandar mensagens convidando-a para o culto da Prosperidade nas Quintas, falando sobre a importância de não fazer sexo antes do casamento e outras coisas mais que só uma sogra chata e evangélica falaria para sua nora fanática por futebol, mas diante tantas insistência de Ana ela foi ver a janela de conversa dela, a conversa começou com um sarcasmo de Barbara falando que valeu a pena ela ter levado tantas orações afinal seu time havia ganho, mas Ana foi bem direta e falou que havia mais de 24 horas e Leonardo tinha desaparecido, essas reclamações era devidamente direcionada a Barbara porque foi ela a responsável pela ida de Leonardo ao Engenhão, embora o mesmo tinha logo se despedido dela, mas outras coisas deixavam sua mãe em polvorosa porque além de ter que aguentar seu filho longe dela em pleno feriado, ela sabia que dentro dele batia um coração rubro-negro fruto das jogadas do Zico, em que menino ele assistia em VHS, então aí estava o desespero instalado de um lado da tela do computador a cruz-maltina com seu gosto de vitória amargado pela preocupação e do outro a mãe com o dedo da acusação, mas num instante antes da procura coma placa de “Vivo ou morto” uma das janelas de discussão que Barbara estava já protagonizando tomou os contornos de seriedade e ficou realmente sério, porque agora era briga de mulher com mulher, Marta, como qualquer flamenguista zoada por Barbara, já com a resposta presa na garganta, deu  a as suas sequências de respostas,  e como uma cartada de baralho feita as pressas no trem quando o jogador esta próxima a sua Estação de chegada, Marta mandou: —O meu azar foi no jogo, mas a minha sorte foi depois dele e esta até agora aqui afinal das contas no amor ontem você foi Vice, de algum jeito mas foi Vice de novo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s