Tudo por um sonho

Por: Ana Gabriela Castro Corrêa

Eu não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo. Meu coração estava acelerado, minhas mãos suavam mais que o normal, minha garganta secou e conseguia sentir até as minhas pupilas dilatadas.

Não existia outra saída, eu tinha que fazer aquilo se não seria linchada pelo trocador para fora daquele ônibus.

– Gente! – disse um pouco mais alto levantando do meu lugar em seguida. Agora eu tinha todos os olhares sobre mim e aquilo não era bom

– B-Boa tarde! – gaguejei ao começar – Então, eu estou indo para um curso… Para escritores. É meu sonho! E… Eu percebi que estou sem dinheiro. Eu só preciso de algumas moedas para pagar essa passagem, por favor, me ajudem. – terminei e todos continuaram me olhando

– Pessoal, por favor. Eu dou um autografo para cada um, no futuro vai valer alguma coisa! – Completei e vi algumas pessoas mexendo nas bolsas e me entregando moedas de pequeno valor, até que um rapaz me chamou.

– Assina aqui – ele me ofereceu um papel e uma caneta. “Autografei” sorrindo – Obrigado e aqui está.

– Senhor, isso é muito mais do que eu preciso…

– Vai, corre atrás do seu sonho e obrigado. – ele mostrou o papel e eu só sorri novamente, paguei a passagem e fui fazer o que ele havia me pedido. Fui correr atrás do meu sonho.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s